Como é o seu resgate?

Tempo de leitura: 4 minutos

Com o avanço tecnológico do mundo moderno observo que há um número cada vez maior de pessoas insatisfeitas com o que fazem profissionalmente, com o seu relacionamento afetivo, com os familiares de um modo geral, enfim com a própria vida. Esse emaranhado de situações faz com que seu emocional esteja constantemente fragilizado, seus pensamentos a respeito de si próprio e dos outros negativados e, associado a isso, dores que se apresentam no físico como: dor de cabeça, dor nas costas, no estômago etc.

É certo que demoramos um tempo para nos conscientizar de como agimos e pensamos e partimos em busca de encontrar uma forma de solucionar nossos problemas, que nos seja confortável, atribuindo nossas responsabilidades a outros como por exemplo: Meu ex marido é culpado de tudo o que me acontece de ruim hoje, o tio da minha mulher me levou a falência, meu pai disse que eu nunca ia conseguir ser tão bom quanto ele, etc. Mas chega um dia que ao olhar no espelho ou obter um insight em qualquer lugar, mesmo contrariada, nos obrigamos a olhar para nós mesmos e encontrar o que nos leva ao vazio e com medo e tudo, buscamos ardentemente reverter a situação.

Algumas pessoas saem em busca de profissionais como psicólogos, psiquiatras, outros buscam o resgate da fé independente de religião e assim, terminam por identificar que o crítico faz morada em suas cabeças, falando o tempo todo, que não fazem o suficiente e que deviam se esforçar mais. É esse crítico interno e externo que faz com que disparemos o gatilho da insignificância, da baixa auto estima, de crenças paralisantes e amedrontadoras.

Na busca de respostas serão inúmeras as vezes que você  irá se intitular um louco, que está delirando e você pode até tropeçar, mas com certeza não irá cair porque você começa a ficar consciente da sua responsabilidade pelo seu estado emocional, físico e espiritual e decidirá fazer algumas mudanças como: olhar o melhor no outro, perdoar a si mesmo por alguns projetos e atitudes não terem trazido o resultado desejado, aceitar que as pessoas são o que são, que existe o bem no mundo e que você precisa estar aberto para o bem.

E o mais importante de tudo, começa a agradecer e a fazer um inventário pessoal, dando destaque a todas as vezes que você acertou, todas as vezes que se sentiu feliz com um resultado, todas as vezes que foi valente e enfrentou uma determinada situação e verá que como resultado, teve muito mais acertos do que erros e se houve erros, todos eles trouxeram uma maravilhosa experiência para a sua vida.

Você decide então, mudar o foco de negativo, para positivo! Você decide colocar o seu foco no bem, começa a se amar com erros e acertos e começa a admitir que sempre buscou fazer o seu melhor. Descobre também com uma intensidade incrível que existe uma força de energia além da sua, ao qual você pode chamar de espiritual que está ao seu lado, para que você seja feliz e essa conexão começa a ser sentida pela sua percepção ao fazer uma prece, ou ao conversar com o Sagrado do seu jeito e a sensação de bem estar, leveza e fluidez passa a invadir o seu ser.

Como recompensa dessa jornada de autoconhecimento vem a alegria da alma, a tranquilidade de pensamentos, o bem estar físico e mental, vem a vontade de comemorar com a família que se antes era um peso, agora você lida com paciência e sabedoria, vem a produtividade no trabalho e a vontade de fazer cada vez mais, vem a necessidade de manter o foco. De volta ao cotidiano, você se reencontra com você com amor,  se apóia e promete nunca mais descuidar do seu “todo” – corpo, mente e espírito.

Constatei com minha vivência e experiência profissional, que chegar a este estado de consciência e atitudes positivas pode não ser algo fácil, principalmente se você se sentir sozinho(a) para essa jornada, por esse motivo, caso necessite de ajuda profissional pode contar comigo, ou deixe seu comentário abaixo, será um prazer respondê-lo(a). “E não se esqueça” que para receber as atualizações do blog, é só assinar a minha newsletter.
Boa jornada!

Como é o seu resgate?
5 (100%) 1 voto

2 Comentários


  1. Boa tarde

    Achei fantástico o texto sobre Como é o seu resgate, descreve de uma maneira muito clara e objetiva o que realmente está acontecendo com o mundo e com as pessoas nesse momento em que o mundo está passando por tantas transições na minha opinião, além de dar orientações , um caminho de como transformar nossas vidas através dessa busca interior e autoconhecimento que tudo transforma , trazendo uma nova visão de realidade. Amei!!

    Responder

    1. Boa tarde Elisângela!

      É gratificante saber que esse texto contribuiu
      para sua qualidade de vida. Gratidão!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Inscrever-se na newsletter!